Resenha (035) - Caminhos de Sangue

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Resenha (035) - Caminhos de Sangue

 Titulo: Caminhos de Sangue
Autor: Moira Young
Editora: Intríseca
Ano: 2012
Gênero: Romance
Nº de páginas: 350

Bom pessoal, esse é um livro em que eu estava bastante interessado desde que terminei a saga Jogos Vorazes, não só pelo motivo de estar explicito na capa que irá agradar fãs dos jogos, mas principalmente por a personagem principal seguir o mesmo estilo da Katniss. A pouco tempo comprei ele em uma promoção, e já deixei no topo da lista de leituras.

Lagoa de Prata é uma imensidão desértica, que frequentemente é assolada por constantes tempestades de areia. Nessa terra vivem apenas Saba, seu pai, seu irmão gêmeo Lugh e sua irmã Emmi.

Saba é a protagonista desse livro. Ela Venera seu irmão Lugh, denominando ele como o seu Sol, pois apesar de serem gêmeos, diferente dela, que possui os cabelos negros, os deles são louros, os olhos dela castanhos e os dele azuis, ele é forte e ela magrela etc. Mas diferente do modo que trata seu irmão, Saba maltrata sua irmã mais nova Emmi, e a tem como culpada pela morte de sua mãe, que faleceu durante o nascimento de Emmi.

O começo da estória se inicia logo após o aniversário de 18 anos de Saba,  quando após uma forte tempestade de areia, sua família é visitada por quatro estranhos cavaleiros totalmente vestidos de preto que sequestram Lugh. Na tentativa de impedir o sequestro o pai de Saba acaba morrendo, deixando somente ela e sua irmã caçula Emmi. Saba decide sair de Lagoa de Prata e resgatar seu irmão, arrastando indesejavelmente sua irmã caçula, afinal, Lugh não gostaria que ela deixasse Emmi para trás.


"O Lugh nasceu primeiro. No solstício de inverno, quando o sol fica bem baixinho no céu.
Depois fui eu. Duas horas depois.
Isso já diz tudo.
O Lugh vai primeiro, sempre primeiro, e eu venho atrás.
E assim tá bem.
Assim tá certo.
É assim que tem que ser."


Um dos motivos que me levaram a ler esse livro, e acredito que seja algo que normalmente irá repelir o leitor é o modo como foi escrito. O livro é totalmente escrito em uma linguagem coloquial, retratando a narrativa de uma analfabeta. Isso pouco me incomodou, em poucas páginas já estava acostumado com esse tipo de linguagem utilizada, e acredito que se foi utilizada propositalmente (que é o caso desse livro) ela é valida. Até porque é tão difícil escrever utilizando uma forma de linguagem não usada normalmente como escrever utilizando a linguagem culta.

Apesar de Saba ser uma personagem guerreira e não possuir aquele perfil de garota indefesa como na maioria dos romances, ela possui uma certa obsessão no irmão que chega a ser irritante, pois o inicio do livro se passa com ela apenas idolatrando seu irmão e amaldiçoando sua pequena irmã.

Gostei do romance estar implícito em poucas e pequenas partes do livro, dando mais atenção as batalhas, que são bem detalhadas e constantes. No entanto, o livro não possui muitas descrições do mundo onde é passado e do que acontece além da visão da personagem, dando atenção apenas pela busca de Saba.

Apesar da maioria dos personagens não serem muito detalhados, acabei gostando de alguns. Jack é um tremendo guerreiro como Saba, mas diferente dela é bastante carismático, e faz de tudo para amolecer o coração duro da protagonista. Apesar de ser sempre deixada de lado pela irmã, Emmi quase sempre se mostra útil e ajuda Saba em alguns momentos importantes da estória. E por fim Nero, o corvo que acompanha Saba em sua jornada desde o início, que apesar de não falar, e não fazer quase nada, está sempre com ela. 

Bom pessoal, apesar do livro não ter suprido totalmente as minhas expectativas, recomendo muito ele. Se alguém por acaso deixou de lê-lo por causa da forma como foi escrito, peço que volte atrás e pense um pouco, pois pode estar perdendo um ótimo livro. Apesar de deixar algumas dúvidas sobre a sociedade do mundo onde é passado a estória, o livro acaba sem deixar muitas pontas soltas, mas apesar disso estou aguardando ansiosamente pelo próximo volume Rebel Hearth. 

Boa leitura e até a próxima!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário